Global Aquaculture Alliance (GAA) reconhecida pelos requisitos atualizados de benchmarking da GFSI.

A Iniciativa Global de Segurança de Alimentos (GFSI – Global Food Safety Initiative) anunciou nesta semana que a Aliança Global de Aquicultura (GAA – Global Aquaculture Alliance) foi reconhecida pela Versão 7.1 dos Requisitos de benchmarking da GFSI.

A Versão 7.1 incorpora desenvolvimentos e boas práticas da indústria com detentores reconhecidos de programas certificados convidados a reavaliar suas normas para garantir alimentos seguros e sustentáveis para consumidores ao redor do mundo. A GAA é uma associação internacional sem fins lucrativos com normas de certificação de Boas Práticas em Aquicultura (BAP - Best Aquaculture Practices), que se dedica a promover a segurança de alimentos e uma aquicultura ambiental e socialmente responsável.

Martin Gill, Chefe de Aquicultura e Pesca do Lloyd’s Register, comentou: "É ótimo que a GAA continue a ser reconhecida pela GFSI, especialmente no que se refere à norma de Processamento de Frutos do Mar, que agora inclui frutos do mar selvagens e cultivados. O crescimento da aquicultura explodiu desde os anos 70, motivado pela crescente demanda por proteína sustentável, e está perto de fornecer nossos frutos do mar tanto quanto as pescas comerciais capturadas em meio selvagem. A GAA é uma organização líder de normas para frutos do mar de aquicultura e a reavaliação em relação ao benchmarking da GFSI assegura que seus programas ajudem a fornecer alimentos seguros para os consumidores – algo que o LR está comprometido em ajudar a atingir".

O Lloyd’s Register (LR) tem vasta experiência no setor de frutos do mar e fornece uma ampla variedade de auditorias, incluindo a BAP da GAA, Aquaculture Stewardship Council, Marine Stewardship Council e uma variedade de serviços personalizados para atender os requisitos individuais dos negócios. O LR é o único fornecedor capaz de oferecer real cobertura desde a pesca até o consumo, com base em soluções tecnológicas para aprimorar a pesca e os frutos do mar de maneira sustentável.

"O benchmarking da GFSI assegura a segurança de alimentos, ambiental, social e o bem estar animal, enquanto que a certificação ajuda a indicar aos distribuidores e consumidores que os produtores estão seguindo boas práticas", acrescentou Martin. "As certificações podem abrir novos mercados para os produtos ou adicionar vantagens competitivas em relação aos concorrentes."