Como garantir a competência do auditor de acordo com a norma ISO 45001

Após a publicação da nova norma internacional relativa a sistemas de gestão de saúde e segurança ocupacional, a ISO 45001, em março, a Organização Internacional para Normalização (ISO) publicou recentemente uma especificação técnica complementar - ISO/IEC TS 17021-10 - que define as habilidades e o conhecimento necessários dos organismos responsáveis pela auditoria das organizações que já implementaram a norma de saúde e segurança.

A nova especificação técnica destina-se a auditores - aqueles que tomam decisões de certificação relacionadas à ISO 45001 - e, em última análise, aos órgãos de certificação, acreditação e regulamentação, visando confirmar que as decisões de auditoria e certificação relacionadas à ISO 45001 foram executadas por aqueles com competência para fazê-lo.

Nosso Gerente Técnico Global, Andy Paine, declarou: “No Lloyd’s Register, nosso foco é garantir que tenhamos uma abordagem consistente de auditoria e que nossa rede global de auditores de saúde e segurança esteja em perfeita sintonia. A avaliação interna e externa dos auditores garantirá que todos tenham o conhecimento básico e, assim, aumentará a confiança na certificação reconhecida pela ISO e, de fato, o valor da auditoria independente.”

A ISO 45001 contém uma série de requisitos para os quais se exigem habilidades específicas relacionadas à saúde e segurança ocupacional para que a auditoria seja realizada de forma efetiva, como aquelas relacionadas à terminologia, princípios, conceitos, ferramentas e técnicas. “Este é um passo positivo dado pela ISO; é necessário ter um documento de avaliação da conformidade específico para garantir que os auditores tenham as habilidades certas para realizar bem o trabalho”, resumiu Paine.

A ISO/IEC TS 17021-10 pode ser acessada da sua área de membro da ISO ou através da ISO Store.