Atualização do LRQA sobre as Normas: Estudos independentes revelam que auditoria de conformidade oferece benefícios concretos

Em uma recente conferência em Londres, realizada pela Organização Internacional para Normalização (ISO), Marcus Long, CEO da Organização Internacional Independente para Certificação (IIOC), demonstrou os benefícios concretos da certificação acreditada nas normas ISO em organizações, e o impacto que isso tem sobre as seguradoras.

Com base em evidência acadêmica independente a partir de vários estudos, Marcus mostrou que as empresas que adotaram as normas voluntárias e cumpriram seus requisitos tiveram um melhor retorno sobre o capital do que seus pares, apresentaram menos riscos no seguro e, portanto, devem ser recompensadas com prêmios menores.

Long explicou ainda que esses usuários da ISO também mostraram uma propensão maior para investir, revelaram uma inclinação maior para inovar, tiveram rentabilidade superior e dedicaram significativamente menos tempo ao lidar com outros reguladores e regulamentações oficiais. Alguns dos benefícios organizacionais que Long destacou, especificamente em relação à certificação do Sistema de Gestão de Qualidade (SGQ), incluem:

  • Melhor desempenho financeiro. Análise estatística mostrou que a ISO 9000 está diretamente associada às melhorias significativas quanto a consciência de qualidade, execução de operações, participação no mercado, satisfação do cliente e receita de vendas. Por isso, parece que a ISO 9000 pode ser uma iniciativa estratégia valiosa para as organizações, já que tem impacto sobre o desempenho financeiro geral por meio de melhorias em processos de negócios internos.1
  • Melhor satisfação do cliente. O tempo de espera do cliente diminuiu, em média, de 20 para 10 dias após a implementação da ISO 9001.2
  • Mais inovação. A certificação aumenta a probabilidade de ser inovador em torno de 25% para empresas pequenas e 15% para empresas grandes.3
  • Maior produtividade. Todos concordaram favoravelmente (72% concordam plenamente/28% concordam) que o uso da ISO 9001 fornece melhorias aos procedimentos de qualidade da empresa e, consequentemente, à produtividade.4

A fim de demonstrar como as normas fazem a diferença para trabalhadores na Itália, um palestrante do Instituto Nacional de Seguro contra os Acidentes de Trabalho italiano explicou que a implantação de normas voluntárias em alguns setores resultou na redução de até 40% da frequência e da gravidade de acidentes, levando à redução do custo do seguro entre as empresas participantes.

O LRQA conhece bem o poder da pesquisa independente assim como o valor da certificação acreditada para os sistemas de gestão de qualidade, tendo trabalhado em estreita colaboração com o professor Mike Toffel da Harvard Business School. O trabalho de Toffel nessa área demonstrou que as empresas que adotaram a ISO 9001 tiveram, logo em seguida, um aumento mais rápido nas vendas, na geração de empregos, nos salários e nos rendimentos médios anuais do que um grupo de controle semelhante. Os usuários da ISO 9001 também estão mais propensos a se manter em atividade.5

Ademais, Toffel mencionou como os usuários da ISO 9000 tendem a apresentar incidência zero em ferimentos aplicáveis à indenização dos trabalhadores. Entretanto, não há evidência de que os custos totais ou médios das empresas com relação a danos físicos tenham aumentado ou reduzido após a adoção.

Por fim, o destinatário final dos benefícios da auditoria de conformidade é o consumidor, que confia na qualidade e na consistência dos bens e serviços que as empresas oferecem por meio de uma certificação nas normas de sistemas de gestão reconhecidas internacionalmente, como a ISO 9001:2015 (qualidade) e a ISO 14001:2015 (ambiental).

Publicadas há 15 meses, as normas revisadas ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 representam uma oportunidade às organizações para tornar os seus sistemas de gestão e as suas cadeias de fornecimento associadas ainda mais poderosas e úteis, a fim de elevar os níveis de desempenho, aumentar a eficiência e melhorar a satisfação do cliente.

As organizações têm menos de dois anos para realizar a transição para as normas revisadas. O tempo está passando e o prazo de transição para as duas normas, definido para setembro de 2018, está se aproximando rápido.

Com todas as principais normas ISO em revisão, o LRQA é pioneiro ao comunicar as mudanças. Oferecemos diversos serviços de auditoria, assim como cursos de treinamento abertos e in company, todos com o objetivo de ajudar a garantir que as organizações, em todo o mundo, tenham uma transição tranquila para as novas normas.

Para mais informações sobre as revisões, escreva para sao-paulo@lrqa.com.br ou acesse www.lrqa.com.br

REFERÊNCIAS

[1] Proromos Chatzoglou Dimitrios Chatzoudes Nikolaos Kipraios (2015), ‘The impact of ISO 9000 certification on firms’ financial performance’, International Journal of Operations & Production Management, Volume 35, Issue 1.

[2] Vahid Nabavi, Majid Azizi, Mehdi Faezipour, (2014), ‘Implementation of quality management system based on ISO 9001:2008 and its effects on customer satisfaction case study, International Journal of Quality & Reliability Management, Volume 31, Issue 8.

[3] Giovanni Mangiarotti, Cesare A.F. Rijilloro, (2014), ‘Standards and innovation in manufacturing and services: the case for ISO 9000’, International Journal of Quality & Reliability Management, Volume 31, Issue 4 pp 435-454.

[4] Paul David Denton, Musbah Kharis Maatgi (2016), ‘The development of a work environment framework for ISO 9000 standard success’, International Journal of Quality & Reliability Management, Vol. 33, Issue 2.

[5] Levine, D. I., & Toffel, M. W. (2008, August). Quality Management and Job Quality: How the ISO 9001 Standard for Quality Management Systems Affects Employees and Employers. Harvard Business Review.